Reclusas e egressas apresentam novo livro de poesias

Reclusas e egressas apresentam novo livro de poesias

A Primeira edição do livro de autoria de reclusas e egressas da Penitenciária Feminina da Capital foi lançada em 2019 com poemas escritos em português, inglês e espanhol.

Em evento online realizado pela Casa das Rosas, reeducandas e egressas da Penitenciária Feminina da Capital divulgaram, a segunda obra de poesias autorais produzidas no Sarau Asas Abertas, ação desenvolvida com a população prisional desde 2015 em estabelecimentos penais da Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo (Coremetro), da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).

A obra “Mulheres Livres” conta com produções em português, inglês e em espanhol, escritas durante a pandemia. Desde março de 2020, os organizadores da iniciativa literária não estão entrando na penitenciária, por conta das medidas restritivas de contenção de Covid-19, porém, encontraram uma forma de se manterem presentes.

A solução achada para ultrapassar a barreira do isolamento foi elaborar e entregar às reclusas um livro com diversas atividades de escrita. No total, 50 exemplares foram distribuídos entre participantes do projeto. O caderno contava com propostas à produção poética de formas variadas, sempre com exemplos estimulando a criatividade e levando conhecimentos literários às mulheres.

Para Cissa Lourenço, uma das articuladoras do projeto, essa foi a maneira encontrada para seguirem com os trabalhos ativos com as mulheres. “A gente achou também uma boa forma delas terem contato com a poesia, de poderem pensar nos seus problemas, em suas vidas, em suas poesias”, ressalta.

Elaboração a distância

Dentro do planejamento apresentado, após as reeducandas lerem e trabalharem nas práticas propostas do caderno, as atividades foram recolhidas, lidas e traduzidas, quando necessário, para a composição do livro lançado no último dia 30.

Ao recolherem os poemas escritos, a equipe do Sarau, composta por Paulo D’Auria, Cissa Lourenço e Jaime Queiroga, também entregou 100 títulos de diversos autores e segmentos – poesias, crônicas e romances – para que as reclusas mantenham ativa a prática da leitura e da escrita.

Essa edição do “Mulheres Livres” também conta com poemas escritos por egressas na PFC, que participaram do projeto enquanto privadas de liberdade. No evento virtual de lançamento do livro, algumas autoras participaram e puderam compartilhar suas escritas e vivências.

Fonte: SAP

Livro Recomeçar:

o cárcere e a necessidade de se transformar no país imutável.

A Renova Eco Peças emprega entre outros profissionais, Douglas Oliveira, egresso do sistema penitenciário indicado pelo Instituto Recomeçar. 

konya escort konulu izle mobil porno esmer porno anal porno porno izle malatya escort porno izle erotik hikayeler porno hikaye Masini in arenda chisinau hairstyles chirie auto chisinau