Logo Instituto Recomeçar
Mais de 2.400 presos de SP são classificados no Enem

Mais de 2.400 presos de SP são classificados no Enem

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais de 2.400 presos de SP são classificados no Enem,  entre os critérios de aprovação, reeducandos não podiam zerar em redação.

Presos custodiados pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) receberam os resultados das provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL). Com a pandemia de Covid-19, a aplicação do exame foi realizada em fevereiro deste ano.

Entre os presos de São Paulo, 2.444 pessoas tiveram média em matemática igual ou superior a 450 pontos e não zeraram em redação, estando assim aptos a concorrerem a uma vaga no Ensino Superior no segundo semestre deste ano, a partir do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) ou do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Preparação

Para treinar os candidatos inscritos no Enem PPL, a SAP proporcionou um cursinho preparatório com 160 horas de aulas a distância. A medida é inédita e foi possível após uma parceria do Grupo de Capacitação, Aperfeiçoamento e Empregabilidade da Coordenadoria de Reintegração Social (CRSC) da Pasta com o Instituto SEB.

Segundo Lucas Roberto Gonçalves da Silva, diretor do Grupo de Capacitação, Aperfeiçoamento e Empregabilidade da SAP, fizeram parte do cronograma de estudos 100 videoaulas, apresentações de Power Point, 25 listas contendo exercícios com questões e 20 propostas de redação, além de um manual específico para correção dos textos.

“Quando as pessoas privadas de liberdade têm a oportunidade de estarem mais preparadas para o Exame Nacional é extremamente positivo para todo o ciclo da execução da pena e pelo trabalho desenvolvido pela SAP”, explica.

Estudos continuam

Além de disponibilizar os ensinos Fundamental e Médio nas unidades, por meio de parceria com a Secretaria de Estado da Educação, a SAP incentiva que os reeducandos deem continuidade aos estudos. Atualmente, 17.179 estão estudando dentro das unidades, seja no ensino fundamental e médio, por meio de parceria com a Secretaria Estadual de Educação, seja no Ensino Superior via EAD.

Fonte: SAPv

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Livro Recomeçar:

o cárcere e a necessidade de se transformar no país imutável.

A Renova Eco Peças emprega entre outros profissionais, Douglas Oliveira, egresso do sistema penitenciário indicado pelo Instituto Recomeçar.